Instituto Brazolin realiza festa de confraternização do núcleo de Paraisópolis do Projeto Anjos do Esporte

O Instituto Brazolin realiza, neste sábado (14 de dezembro), a partir das 14h (de Brasília), no CEU Paraisópolis, em São Paulo (SP), a Festa de Confraternização do Núcleo Paraisópolis do Projeto Social Anjos do Esporte. Nomes importantes do esporte estarão presentes.

De acordo com André Brazolin, o Projeto Social viveu um ano de vitórias em 2019, não só na área esportiva, como também no campo social. “Vamos compartilhar um pouco do trabalho do Projeto Social Anjos do Esporte, que usa a humanização através do esporte para transformar vidas. Estamos completando cinco anos de atividades esportivas em uma das maiores comunidades de São Paulo e do Brasil”, comentou o ex-jogador de basquete, que é o criador e o gestor do projeto.

“Me sinto feliz e recompensado por tudo que já realizamos nesta comunidade, mas estou sempre buscando mais. É muito prazeroso você conseguir mudar a vida de jovens, seja na continuidade da carreira esportiva ou no campo social, educacional e profissional”, completou Brazolin.

O CEU Paraisópolis fica na rua Dr. José Augusto de Souza e Silva, s/no, no Jardim Parque Morumbi, em São Paulo (SP).

Patrícia Ferreira enaltece o trabalho do Ituano FC e foca objetivo final no Paulista Feminino

A lateral Patrícia Ferreira enalteceu o trabalho de todo o grupo do Ituano FC, diretoria, comissão técnica, funcionários e atletas, que se classificou, pela primeira vez em sua história, ao playoff – final do Campeonato Paulista Feminino – 2019. E a equipe de Itu ainda tem outra meta a ser alcançada.

“Atingimos mais um objetivo neste estadual, que era estar na final, devido ao trabalho árduo e a dedicação de todos ao longo da competição. É a primeira vez que o Ituano FC chega à decisão do Campeonato Paulista e vamos seguir focadas e trabalhando forte para atingir outra meta, que é conquistar o título”, comentou Patrícia.

“Vamos lutar muito para garantir esta conquista para cidade de Itu. E vamos para cima, independente do nosso adversário na decisão (Santo André e Campinas disputam a outra semifinal, que está empatada, 1 a 1), em busca da vitória na série final, mesmo sabendo que será uma disputa bastante dura”, complementou a lateral.

E o Ituano FC realizou uma campanha sólida na primeira fase, concluindo a etapa inicial na liderança isolada, com oito vitórias e apenas duas derrotas. Já na semifinal, a equipe comandada pelo técnico Antonio Carlos Barbosa eliminou o Sesi Araraquara com duas vitórias e nenhuma derrota.

São Paulo DC realiza processo seletivo nos dias 14 e 15 de dezembro

O São Paulo DC realiza, nos dias 14 e 15 de dezembro (sábado e domingo), no Clube de Caixa, em São Paulo (SP), processo seletivo. A equipe mais tradicional e representativa do Basquete 3x3 brasileiro e sul-americano realiza pela segunda vez na história, uma seletiva para escolha de alguns atletas que participarão ativamente das equipes na temporada 2020.

“Buscamos atletas para quatro categorias: Adulto Masculino (limite de 28 anos de idade), Sub-23 Masculino, Sub-18 Masculino e Adulto Feminino (limite de 23 anos de idade, completados em 2020). Nossa expectativa, além da criação de novas equipes, é também aumentar a qualidade técnica dos atletas, disputando ativamente os torneios e competições oficiais da modalidade em todo país”, explicou Gustavo Bracco, manager do São Paulo DC.

“A seletiva é aberta para que todos que se encaixarem nas categorias mencionadas. O São Paulo DC só vai solicitar aos participantes, a doação de um quilo de alimento não perecível, pois iremos doar o montante arrecadado para casas assistenciais, pois acreditamos no esporte como uma eficiente ferramenta social”, acrescentou o manager.

“Não é exigida experiência no Basquete 3x3 para todas as categorias, mas apenas registro na plataforma FIBA3x3. Tenho certeza de que em um futuro próximo outras agremiações partirão para o mesmo caminho, fomentando o esporte, desenvolvendo novos talentos e, certamente, fortalecendo as nossas seleções nacionais”, complementou Bracco.

Os horários do processo seletivo são estes:

- 10h às 12h: Sub-18 Masculino e Adulto Feminino (limite de 23 anos de idade, completados em 2020)
- 13h às 15h: Sub23 Masculino
- 15h ás 18h: Adulto Masculino

O Clube da Caixa fica na rua David Eid, na Vila do Castelo, em São Paulo (SP). Informações complementares pelo telefone (11) 2532-5697 ou através do e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. . Inscrições: https://forms.gle/1hC4ED5gqVbb3bYN6.

O São Paulo DC3x3, equipe filiada à Federação Paulista de Basketball (FPB), é apoiado pelo projeto Drible Certo no Mundo, aprovado junto a Lei de Incentivo ao Esporte da Secretaria de Esportes do Governo do Estado de São Paulo. Projeto patrocinado pela Havan e Decathlon Brasil. Apoios: Naturiza, NAR – Núcleo de Alto Rendimento, Uniformes Overtime, Meias Elite e Associação de Pessoal da Caixa Econômica Federal – APCEF. Realização: B16 Incentivo e Instituto Futuros Craques.

Caserta, de Dimitri Sousa, busca mais um resultado positivo em confronto direto na Série A-2 Italiana

O Sporting Club Juvecaserta, do lateral Dimitri Sousa, quer aproveitar o momento favorável na temporada para ampliar a sua série de resultados positivos diante do Feli Pharma Ferrara, neste domingo (08 de dezembro), às 14h (de Brasília), mesmo atuando no MF Palace, em Ferrara (ITA), pela 12ª rodada da fase inicial do Campeonato Italiano da Série A-2 – 2019/2020. Vindo de quatro vitorias consecutivas, o time do brasileiro quer seguir crescendo, levando a melhor neste confronto direto.

“Uma partida difícil contra uma equipe que está invicta jogando em casa. Nós estamos sem três titulares, então, vamos precisar mais do que nunca que os jogadores do banco contribuam para conseguirmos vencer. Ganhamos os últimos quatro jogos e queremos manter o bom momento, vencendo mais uma partida fora de casa”, comentou Dimitri.

Na última vez que esteve em quadra, o Sporting Club Juvecaserta derrotou o Pompea Mantova, atuando em seu ginásio (77 a 61). Já o Feli Pharma Ferrara perdeu para o Le Naturelle Imola Basket, jogando fora dos seus domínios (81 a 72).

Na classificação geral, o representante de Caserta aparece no sexto lugar, com seis vitórias e cinco derrotas, enquanto a agremiação de Ferrara ocupa a sétima colocação, com a mesma campanha, ficando atrás apenas nos critérios de desempate.

CB Canária, de Matheus Leoni, derrota USK Praha e garante vaga na semifinal do ‘Globaljam Gran Canaria’

O CB Canária, do armador Matheus Leoni, derrotou o tcheco USK Praha, nesta sexta-feira (06 de dezembro), por 73 a 55 (41 a 28 no primeiro tempo), na Gran Canaria Arena, na cidade de Las Palmas de Gran Canaria (ESP), em jogo que abriu a edição de 2019 do ‘Globaljam Gran Canaria’. Com este resultado, a equipe do brasileiro garantiu vaga na semifinal, quando enfrentará, neste sábado (07 de dezembro), o Fundación CB Canarias.

“Foi uma boa estreia, o time adversário era muito alto e muito físico, então, tivemos que elevar nossa intensidade defensiva. E, fomos muito bem, jogando em intensidade máxima no ataque e na defesa”, comentou Leoni, que esteve em quadra por 15min58, anotando sete pontos, apanhando um rebote e recuperando ainda uma bola.

“Esperamos seguir assim para o jogo deste sábado (07 de dezembro), na semifinal. Queremos a vaga na grande final e vamos lutar muito para que isso ocorra”, completou Matheus.

O CB Canária esteve sempre no comando do marcador, fazendo a sua diferença crescer gradativamente a cada período – 21 a 14 (primeiro quarto), 20 a 14 (segundo quarto), 11 a 10 (terceiro quarto) e 21 a 17 (quarto final).

São Paulo DC recebe a premiação pela conquista da Liga ANB3x3 em 2019

O São Paulo DC recebeu, na tarde de quinta-feira (05 de dezembro), no auditório da Liga Nacional de Basquete (LNB), na zona sul da cidade de São Paulo (SP), a premiação referente a conquista da Liga ANB3x3 em 2019. Para o manager Gustavo Bracco, este foi um ano de desafios, mas o trabalho executado pela equipe foi extremamente positivo.

“Vencer pela segunda vez a maior Liga de Basquete 3x3 do país demonstra que estamos no caminho certo. No começo de 2019 realizamos uma seletiva para escolha dos atletas que participariam do nosso projeto nessa temporada, pois mudar a forte equipe que tínhamos em 2018 parecia algo impensado”, comentou Gustavo.

“Mas, acreditamos e a dedicação dos novos atletas resultou em ótimos frutos. Montamos uma equipe adulta e uma equipe sub-23, que, inclusive, terminou o ano como campeã Mundial Universitária, através da nossa parceria com a Universidade Paulista (Unip). A qualidade dos atletas refletiu nos treinos, que foram muito intensos e ajudaram a melhorar a qualidade técnica de todos. Mas, não tem segredo, já que a única solução é treinar”, completou Bracco.

O São Paulo DC3x3, equipe filiada à Federação Paulista de Basketball (FPB), é apoiado pelo projeto Drible Certo no Mundo, aprovado junto a Lei de Incentivo ao Esporte da Secretaria de Esportes do Governo do Estado de São Paulo. Projeto patrocinado pela Havan e Decathlon Brasil. Apoios: Naturiza, NAR – Núcleo de Alto Rendimento, Uniformes Overtime, Meias Elite e Associação de Pessoal da Caixa Econômica Federal – APCEF. Realização: B16 Incentivo e Instituto Futuros Craques.

Santo André vira no último quarto e derrota o Campinas na primeira da semifinal do Paulista Feminino

O Santo André/APABA/Caoa Chery saiu na frente na série melhor-de-três do playoff – semifinal do Campeonato Paulista Feminino – 2019 ao derrotar o Vera Cruz/Campinas, nesta quinta-feira (05 de dezembro), por 52 a 47 (19 a 24 no primeiro tempo), em duelo realizado no ginásio Municipal Laís Elena, na cidade de Santo André (SP). E foi ‘de virada’, visto que o representante do interior esteve em vantagem durante boa parte do jogo, perdendo o comando do marcador apenas no quarto final.

“Foi um jogo duríssimo, em que as duas equipes trabalharam muito forte na defesa e, com isso, o aproveitamento foi muito abaixo do esperado nos arremessos”, comentou Arilza Coraça, técnica do time andreense.

A equipe visitante foi melhor nos dois períodos iniciais, com vantagens não tão extensas, mas suficientes para desgarrar. Já nos dois seguintes, o time da casa esteve na frente, com destaque para os dez minutos finais, quando assumiu a liderança do placar e garantiu o resultado positivo, fazendo valer o seu mando de quadra – 08 a 12 (primeiro quarto), 11 a 12 (segundo quarto), 19 a 17 (terceiro quarto) e 14 a 06 (quarto final).

Os principais nomes da partida foram Erika Leite (14 pontos, 04 rebotes e 05 assistências) e Maíra Horford (09 pontos, 03 bolas recuperadas), pela agremiação do Grande ABC; Patty Teixeira (28 pontos e 04 rebotes) e Mariana Dias (08 pontos e 06 rebotes), em favor da equipe campineira.

O segundo jogo da série melhor-de-três do playoff – semifinal do Campeonato Paulista Feminino – 2019, que pode ser o decisivo, acontece no domingo (08 de dezembro), às 16h (de Brasília), em Campinas (SP). Um novo resultado positivo garante o Santo André/APABA/Caoa Chery na grande final.

A terceira partida, se necessária, ocorre na terça-feira (10 de dezembro), às 19h (de Brasília), também em Campinas (SP).

CB Canarias, de Matheus Leoni, estreia no ‘Globaljam Gran Canaria 2019’ enfrentando o representante tcheco

O CB Canárias, do armador Matheus Leoni, disputa de 06 a 08 de dezembro, na Gran Canaria Arena, na cidade de Las Palmas de Gran Canaria (ESP), a edição de 2019 do ‘Globaljam Gran Canaria’. A tradicional competição reúne oito conceituadas equipes sub-19 masculinas, representando seis diferentes países.

“Um torneio curto e que gera as melhores expectativas possíveis, visto que atuaremos em casa. Espero fazer um bom torneio e ajudar o CB Canárias a sair com o título”, comentou Leoni.

A equipe do brasileiro inicia a disputa já nesta sexta-feira (06 de dezembro), enfrentando o tcheco USK Praha. “O jogo de estreia será jogo duro, mas bom de se jogar. Além disso, será ótimo para avaliarmos o nosso entrosamento e o coletivo”, analisou Matheus.

Os demais confrontos da jornada inicial são estes: Fundación CB Canarias-ESP x SNM International-CAN, The Skill Factory-EUA x BK RIG Mark Academy-SUE e Movistar Estudiantes-ESP x Canterbury Academy-ING. De acordo com o regulamento, os vencedores da rodada inicial avançam para a semifinal e seguem na luta pelo título, enquanto os perdedores vão jogar para definir do quinto ao oitavo lugares.

Escame faz uma análise positiva da temporada de 2019

O técnico Alexandre Escame faz um balanço positivo de 2019. A temporada foi bastante movimentada, com os tradicionais desafios das equipes de base do Cravinhos Basketball. E, como novidade, o time do interior paulista debutou em competições adultas, dando um upgrade e um incremento a mais no eficiente trabalho de formação.

O treinador, que tem um currículo com trabalhos sólidos e vencedor, está satisfeito com o que aconteceu nesta temporada. “Minha meta é sempre estar no meio do basquete, trabalhando com o que eu amo e sei o quanto é difícil se manter no basquete de competição, em nível alto, mas estou sempre lutando e tenho, graças a Deus, alcançado este objetivo. 2019 foi um ano de desafios gigantescos, já que demos sequência ao trabalho de base, iniciado há três anos, e mantivemos o bom momento, jogando três finais, ou seja, estivemos presentes em três Final Four com o Cravinhos Basketball”, relatou.

“Na categoria sub-17 fomos muito bem, conquistando vários resultados positivos, através de uma equipe que não era cotada e não figurava entre as favoritas, mas que nos últimos três anos participou de três finais estaduais. Isso foi extremamente positivo e me deixou muito feliz; além disso, alguns garotos formados no Cravinhos Basketball, hoje, estão buscando lugar em equipes adultas, como o Malaquias que está no Bauru Basket, jogando na equipe principal, o mesmo vem ocorrendo com o Matheus Weber. É muito bom manter contato com estes garotos e saber que eles estão conseguindo oportunidades”, complementou o treinador de 44 anos (18 de agosto de 1975), que é nascido em Ribeirão Preto (SP).

O desafio maior de Alexandre Escame em 2019, sem dúvida, foi disputar o Campeonato Brasileiro, uma novidade para o Cravinhos Basketball e para o município. “Saímos da base e entramos em uma competição adulta, que é um mercado novo, buscando informações sobre atletas e equipes, além de estudar os adversários. Foi um novo desafio pessoal, talvez, o maior deles e as coisas caminharam bem, mesmo tendo um investimento pequeno, com comparação com as demais equipes, contamos com o importante e gigantesco apoio da Prefeitura Municipal de Cravinhos e, com isso, conseguimos um resultado expressivo e fantástico, mesmo com um elenco de uma base jovem”, analisou Alexandre.

“Disputar a final do Campeonato Brasileiro e garantir o vice-campeonato coroou o trabalho que realizamos na temporada, por isso, fiquei muito feliz e recompensado. No segundo semestre, os nossos meninos acabaram migrando para equipes, a maioria foi jogar o Novo Basquete Brasil (NBB), e, por conta disso, montamos uma equipe para disputar a Primeira Divisão do Campeonato Paulista (Divisão de Acesso); a dificuldade que tivemos nessa competição foi não ter mantido a base do primeiro semestre, já que é muito difícil começar um trabalho novo com pouco tempo de preparação, mas também foi gratificante”, complementou Escame, que foi eleito o melhor técnico do Campeonato Brasileiro.

Para fechar a temporada com ‘chave de ouro’, o técnico do Cravinhos Basketball gostou bastante do desempenho do time na ‘Olímpiada Caipira’. “Finalizamos a temporada disputando os Jogos Abertos do Interior, quando conquistamos também um resultado expressivo, garantindo a medalha de prata na disputa da segunda divisão masculina. Por isso, posso afirmar que foi um ano extremamente produtivo, com grandes desafios, mas muito compensador e, ao mesmo tempo, temos um pouco de dificuldade em buscar colaboradores para que possamos crescer cada vez mais; o mais importante é a nossa base e para 2020 ela vai continuar firme e forte, auxiliando na formação de jovens jogadores”, concluiu Alexandre Escame.

FEAC Franca conquista o título do Campeonato Adulto Feminino da LBC

A Liga Regional de Basquete Centro Oeste Paulista (LBC) realizou, no final de semana (30 de novembro e 1º de dezembro), o quadrangular final da categoria adulto feminino. A disputa decisiva foi sediada pela cidade de Tupã (SP), que recebeu estas equipes: FEAC Franca, Seme Avaré AABA e Smel São José do Rio Preto, além do anfitrião Tupã Basquete.

Os jogos do sábado (30 de novembro) foram estes: FEAC Franca 78 x 37 Seme Avaré AABA e Tupã Basquete 59 x 71 Smel São José do Rio Preto. Já no domingo (1º de dezembro), primeiro, aconteceu a definição do terceiro e quarto lugares, com o Tupã Basquete derrotando a Seme Avaré AABA, por 83 a 56.

Já na grande final, a FEAC Franca bateu a Smel São José do Rio Preto, por 83 a 45, garantindo a conquista da medalha de ouro.

“Foi muito bom e interessante disputar a LBC, pois esta foi a nossa primeira vez, já que tivemos a chance de enfrentar equipes diferentes e jogar mais vezes. A competição foi muito bem organizada e, o bom é que fizemos boas partidas e conquistamos um resultado muito expressivo, garantido a conquista invicta, ou seja, vencendo os dez jogos que disputamos – oito na fase de classificação, semifinal e final”, comentou Alexandre Borges, técnico da FEAC Franca.

“Acredito que foi importante para a equipe, já que mudou de patamar e de nível de competição. Isso ajudou bastante o time, como treinamento, visando os Jogos Regionais e, principalmente, os Jogos Abertos do Interior, que também nos sagramos campeões de forma invicta; então, foi de uma expressão muito positiva para o basquete feminino de Franca ter jogado esse campeonato da LBC, com a expectativa que possamos nos organizar para jogarmos campeonatos desse nível para melhor no próximo ano”, complementou o treinador francano.

“A FEAC Franca e a Smel São José do Rio Preto disputaram pela primeira vez o campeonato da Liga Regional de Basquete Centro Oeste Paulista LBC e sagraram-se campeão e vice, respetivamente. O nosso campeonato adulto feminino contou com a participação de 10 equipes: Assis, Botucatu, FEAC Franca, Lençóis Paulista, Jahu, Seme Avaré AABA, Smel São José do Rio Preto, Araçatuba, Tupã e Marília”, finalizou Priscila Dorigo, presidente da Liga Regional de Basquete Centro Oeste Paulista (LBC).

Festival de 20 anos da LBC marcou a comemoração em grande estilo

Uma grande festa, promovida no domingo (1º de dezembro), em Bauru (SP), marcou a comemoração principal do aniversário de 20 anos da LBC. A ideia foi remeter a fundação da Liga Regional de Basquete Centro Oeste Paulista (LBC), ocorrida, justamente, em um festival de abertura na antiga Associação Luso Brasileira, após a formação de 30 oficiais de quadra e mesa.

O Festival, que foi realizado em parceria com a Associação Luso Brasileira de Bauru e Associação Bauru Basket, contou com a participação de 22 equipes, representando estas cidades: Bauru, Reginópolis, Avanhandava, Penápolis, Promissão, Bernardino de Campos, Iacanga e Marília. Todos os atletas participantes são iniciantes e nunca haviam participado de uma competição.

“Foi um dia de muita festa e interação para as crianças, que puderam vivenciar o ambiente saudável esportivo e de competitividade, de uma maneira lúdica e descontraída. Os jogos não tiveram placar e foram feitos de maneira educativa. A participação dos pais foi de suma importância, pois estiveram o dia todo acompanhando as atividades”, relatou Priscila Dorigo, presidente da Liga Regional de Basquete Centro Oeste Paulista.

“O objetivo da LBC é manter esses festivais anualmente, por isso, está buscando empresas amigas e parceiras para essa fomentar programação. A ideia dos festivais é proporcionar um momento de interação, dando oportunidade para as crianças saírem dos seus ambientes comuns, conhecer novas crianças e cultivar novas amizades dentro das quadras. Neste ambiente de brincadeira e do basquete não há espaços para diferenças sociais, lá as crianças são todas iguais, o que atinge o nosso objetivo de interatividade entre todos”, acrescentou Dorigo.

“Proporcionar campeonatos altamente competitivos e também tonar o ambiente do basquete atrativo para as crianças é a nossa meta, pois assim, conseguimos ajudar os técnicos a darem um sentido para que as crianças continuem seus treinamentos e sigam dentro dos projetos. Formar pessoas de bem, dando cidadania e proporcionando o crescimento de grandes cidadãos, esse é nosso principal objetivo”, complementou Priscila.

O dia festivo contou também com apresentação de dança, com as crianças do projeto Social Wise Way, e apresentação do Hino Nacional, com o projeto da UNIMED. Foram 33 jogos durante todo o dia, além da interação com os atletas do Bauru Basket, que deram à oportunidade de as crianças conhecerem os jogadores e tirarem fotos com seus ídolos.

Dentro do Festival, a Liga Regional de Basquete Centro Oeste Paulista (LBC) lançou o Projeto Mini Árbitros. O objetivo foi colocar atletas das categorias de base em contato com a arbitragem, ensinando o ofício aos futuros árbitros, criando o interesse desses atletas em uma nova área dentro do basquete.

“Neste evento contamos com os monitores da LBC (oficiais atuantes), que instruíram os minis árbitros durante os jogos. Foram, ao todo, nove atletas no projeto mini árbitros, marcando o início deste projeto”, finalizou Priscila Dorigo.

Santo André vence a segunda e garante vaga na semifinal do Paulista Feminino

O Santo André/APABA/Caoa Chery garantiu classificação ao playoff – semifinal do Campeonato Paulista Feminino – 2019 ao derrotar o Pró-Esporte/Sorocaba, no domingo (1º de dezembro), por 76 a 54 (34 a 22 no primeiro tempo), em jogo válido pela segunda rodada da série melhor-de-três do playoff – quartas-de-final, realizado no ginásio Municipal Laís Elena, na cidade de Santo André (SP). Com a vitória, o time andreense fechou a disputa com duas vitórias e nenhuma derrota.

A equipe andreense, comandada pela técnica Arilza Coraça, esteve sempre no comando do marcador, conseguindo boas diferenças no segundo e terceiro períodos, enquanto o primeiro e o quarto foram mais equilibrados. Com esse panorama, o Santo André construiu uma vantagem sólida para a vencer e seguir na briga pelo título – 16 a 15 (primeiro quarto), 18 a 07 (segundo quarto), 20 a 11 (terceiro quarto) e 22 a 21 (quarto final).

Os destaques da partida foram a cubana Ariada Felipe (25 pontos, 02 rebotes e 02 bolas recuperadas) e Raphaella Silva (12 pontos e 06 rebotes), pelo time do Grande ABC; Maria Carolina (15 pontos e 14 rebotes – double-double) e Tayná Reis (12 pontos e 02 assistências), em favor da equipe do Interior.

Na semifinal, o Santo André/APABA/Caoa Chery vai enfrentar o Vera Cruz/Campinas. “As nossas jogadoras fizeram o papel necessário para vencer e garantir a classificação, mas já estamos focadas na série semifinal contra o time de Campinas, que iniciaremos jogando em casa e depois atuaremos fora. Vai ser muito importante vencermos em nossos domínios; lembrado que na fase de classificação vencemos em fora e perdemos em casa”, comentou a técnica andreense.

“E quando nós vencemos em Campinas, nem estávamos com a equipe completa. Mas, nós provamos ter dez jogadoras para rodar, todas têm condições de entrar e jogar bem, fazendo um jogo forte; o nosso objetivo é sempre vencer e avançar de fase”, finalizou Arilza Coraça.

Visit fbetting.co.uk Betfair Review