Paulistano recebe o São Caetano com objetivo de garantir a vaga na semifinal do Paulista Sub-19

O Paulistano/Corpore enfrenta a AA São Caetano, nesta sexta-feira (08 de novembro), às 19h30 (de Brasília), no ginásio Antonio Prado Jr (CA Paulistano), em São Paulo (SP), na segunda partida da série melhor-de-três do playoff – quartas-de-final do Campeonato Paulista Sub-19 Masculino – 2019. E com mais uma vitória, o representante da capital se garante na semifinal.

“Tenho certeza que será um ótimo jogo também, pois é tudo ou nada para os dois lados. Precisamos da segunda vitória e eles precisam ganhar para forçar o terceiro jogo, por isso, vamos entrar em quadra para dar o nosso melhor e vencer a partida para passar para a próxima fase”, comentou o armador Cris Silva, do Paulistano/Corpore.

Na primeira partida, disputada em São Caetano do Sul (SP), o representante da capital jogou bem e venceu (78 a 63). “Foi um jogo muito bom, marcamos bem e, consequentemente, o ataque fluiu. Ficamos na frente o jogo todo e depois só fomos controlando”, analisou Cris Silva.

O terceiro jogo, se necessário, está agendado para o domingo (10 de novembro), às 09h (de Brasília), também na capital paulista. De acordo com o regulamento, a equipe que primeiro totalizar duas vitórias garante classificação ao playoff – semifinal.

Gil Justino tem estreia positiva pelo BAX Catanduva

A pivô Gil Justino teve uma estreia bastante positiva com a camisa do Usina Tietê/BAX Catanduva, na noite de terça-feira (05 de novembro). A equipe catanduvense derrotou o Sesi Araraquara, por 75 a 62 (37 a 35 no primeiro tempo), pelo returno da fase inicial do Campeonato Paulista Feminino – 2019, mesmo atuando no ginásio Municipal de Esportes Presidente Castelo Branco (Gigantão), em Araraquara (SP).

“Sabíamos que não seria fácil, a equipe delas mudou algumas jogadoras, contudo, a ausência da armadora Débora da Costa (que está na Seleção Brasileira) foi um fator positivo para nós, pois ela faz muita diferença. Erramos bastante no ataque, erros sem tentar a cesta; precisamos melhorar isso e ter mais consciência na hora de executar as jogadas”, analisou Gil.

“Em compensação, a nossa defesa funcionou muito bem, a rotação foi sensacional e o que mais me impressiona na nossa equipe é a vontade de vencer que cada uma tem. O espírito de corpo e a união prevaleceram; estou muito satisfeita por ter contribuído de maneira positiva, já que estava um pouco perdida nas jogadas, porque fiz apenas três treinos e, mesmo assim, consegui ajudar”, acrescentou a pivô, que esteve em quadra por 14mn10, anotando 10 pontos e apanhando cinco rebotes.

O primeiro foi tempo marcado pelo equilíbrio, mas com a equipe visitante conseguindo pequena vantagem – 19 a 17 (primeiro quarto) e 18 a 18 (segundo quarto). Já no segundo tempo, o Usina Tietê/BAX Catanduva cresceu de produção e comandou as ações nos dois quartos finais para aumentar a diferença e vencer fora de casa – 17 a 12 (terceiro quarto) e 21 a 15 (quarto final).

Os outros nomes importantes da partida foram Carla Lucchini (13 pontos, 03 rebotes e 03 assistências), Izabela Andrade (09 pontos e 08 rebotes), Barbara Souza (09 pontos e 04 rebotes), Karen Rocha (09 pontos, 06 rebotes e 05 assistências) e Silvia Rocha (09 pontos e 04 rebotes), todas pelo time da casa; Thaissa Frediani (18 pontos, 05 assistências e 06 bolas recuperadas) e Dominick Rocha (13 pontos e 07 rebotes), em favor do visitante.

Com este resultado, o Usina Tietê/BAX Catanduva aparece na quarta colocação na classificação geral, com três vitórias e seis derrotas.

A equipe catanduvense conclui a sua participação na fase inicial do estadual enfrentando o Pró-Esporte/Sorocaba, no dia 23 de novembro (sábado), às 20h (de Brasília), no ginásio Municipal Anuar Pachá, em Catanduva (SP). “Agora temos um longe período de treino e o próximo jogo em casa contra a equipe de Sorocaba. Vou ter tempo treinar bastante e decorar o sistema”, finalizou Gil Justino.

Paulistano visita o São Caetano no primeiro jogo das quartas do Paulista Sub-19

O Paulistano/Corpore abre a série melhor-de-três do playoff – quartas-de-final do Campeonato Paulista Sub-19 Masculino – 2019, nesta quarta-feira (06 de novembro), enfrentando a AA São Caetano, ás 19h (de Brasília), no ginásio Municipal Delenice Ribeiro, em São Caetano do Sul (SP).

Para chegar a esta etapa da competição, a equipe da capital paulista concluiu a fase inicial na terceira colocação, com 16 vitórias e 04 derrotas. Já o representante do Grande ABC ficou na sexta colocação, com 08 vitórias e 12 derrotas.

“Tenho certeza de que serão ótimos jogos, o São Caetano possui uma equipe forte, que fez dois bons jogos contra nós na fase de classificação, mas estamos trabalhamos muito para dar o nosso melhor e sair com essas vitórias para passarmos para a próxima fase”, comentou o armador Cris Silva, do Paulistano/Corpore.

Na primeira fase deste campeonato foram dois confrontos entre estas equipes, com uma vitória para cada lado, prevalecendo o mando de quadra: 62 a 57, no turno, em favor da AA São Caetano, e 69 a 63, no returno, favorável ao Paulistano/Corpore.

Os demais jogos da série melhor-de-três do playoff – quartas-de-final estão agendados para estas datas: sexta-feira (08 de novembro), às 17h (de Brasília), no ginásio Antonio Prado Junior (CA Paulistano), em São Paulo (SP); se necessário, domingo (10 de novembro), às 09h (de Brasília), no mesmo local.

De acordo com o regulamento, e equipe que primeiro totalizar duas vitórias avança ao playoff – semifinal.

Gil Justino se apresenta animada e confiante ao BAX Catanduva

A pivô Gil Justino iniciou, nesta segunda-feira (04 de novembro), no ginásio Municipal Anuar Pachá, em Catanduva (SP), os treinamentos no Usina Tietê/BAX Catanduva, sua nova equipe. A experiente atleta, que já defendeu o time catanduvense de 2008 a 2011, está confiante e animada com esse retorno.

“Estou bastante ansiosa para dar início a minha participação no Campeonato Paulista. As expectativas são sempre as melhores para com a equipe, a cidade de Catanduva é ótima, gosto demais daqui e, desde antes, quando cheguei 2008, as pessoas sempre me receberam muito bem, não tive qualquer problema com a minha adaptação e a minha filha também foi muito feliz aqui”, explicou Gil.

“Agora estou de volta, a equipe evoluiu bastante no decorrer do campeonato, porém é um time bastante jovem; venho acompanhando os jogos desde o princípio e acredito que com a minha experiência vou conseguir ajudar bastante. Faltam apenas dois jogos para o fim da fase inicial do estadual e logo começa o playoff, que representa um novo campeonato e estou bastante animada”, complementou a pivô.

E Gil fará a sua estreia pelo Usina Tietê/BAX Catanduva, já nesta terça-feira (05 de novembro), às 20h (de Brasília), contra o Sesi Araraquara, no ginásio Municipal Presidente Castelo Branco (Gigantão), em Araraquara (SP), na sequencia da fase inicial do Campeonato Paulista Feminino – 2019.

“Jogo difícil e equilibrado, como tem sido a tônica desta edição do Paulista, por isso, temos que jogar com atenção e procurar colocar em prática o que foi trabalhado nos treinamentos. Vamos jogar fora de casa, contra um adversário de qualidade, por isso, temos que jogar na plenitude”, analisou Gil.

O Usina Tietê/BAX Catanduva ocupa atualmente a quarta colocação na classificação geral do Campeonato Paulista Feminino – 2019, com duas vitórias e quatro derrotas.

São Paulo DC/Unip é campeão da Copa do Mundo Universitária na China

O São Paulo DC/Unip sagrou-se campeão do 2th FISU University World Cup 3×3 – 2019 (Copa do Mundo Universitária), neste domingo (03 de novembro), na Huaqio University, em Xiamen, na China. Na grande final, a equipe brasileira, formada por William Weihermann, Leonardo Branquinho, Gianluca Campaner e André Ferro, derrotou a Univerisidad de Chile, por inapeláveis 21 a 10.

O manager do São Paulo DC/Unip, Gustavo Bracco se emocionou com a meta atingida pela equipe. “Sentimento de dever cumprido e gratidão, não posso deixar de agradecer. Fico muito emocionado em saber que o processo funcionou e que deu certo, pois o objetivo maior deste ano foi conquistado; tenho que dar todos os créditos aos jogadores que apostaram no projeto e demonstram estar preparados para enfrentar maiores desafios. Sabemos o quão é difícil, pois hoje a modalidade já é praticada em alto nível em quase todo o mundo e nós estamos no caminho para jogar em igualdade contra as grandes forças”, comentou.

“Os nossos jogadores são as peças chaves, pois detêm os talentos; são os protótipos de atletas que idealizamos lá atrás, no começo do ano, quando realizamos a seletiva. E o trabalho foi sendo desenvolvido e, agora, em novembro, foi coroado; o título é desses garotos que dedicaram a vida, neste ano, ao projeto”, acrescentou Gustavo.

Nas quartas-de-final, o representante brasileiro superou a forte equipe neozelandesa, University of Otago (19 a 18), em jogo duríssimo, mostrando todo seu potencial e que estaria na luta pelo lugar mais alto do pódio. Na semifinal, outro embate difícil, desta vez contra a equipe anfitriã, Huaqio University, que conta com a base do selecionado chinês, campeão mundial, e novo resultado positivo (19 a 17), credenciando o São Paulo DC/Unip ainda mais a atingir o seu objetivo maior.

“Sensação incrível, estivemos fechados do início ao fim e jogamos como uma família, com alegria. Treinamos o ano inteiro sempre com o objetivo de entrar nos campeonatos e buscar o título e a medalha”, comentou Ferros.

“Conquista merecida do time que melhor se preparou para estar aqui. Nos focamos em dar o melhor de nós e isso seria suficiente para sair daqui com a dourada. Sensação é de dever cumprido, orgulho que não cabe no peito do meu time que veio aqui e deu tudo por mim e eu por eles. Estou orgulhoso da nossa conquista, realmente”, acrescentou Weihermann.

“Estou muito feliz e satisfeito com o espetacular rendimento que a nossa equipe teve neste dia final de competição, impressionante. Com esta conquista, garantimos classificação para o FIBA World Tour 2020”, complementou Bracco.

Na primeira fase foram três jogos, com duas vitórias: University of Colorado/EUA (18 a 13) e Fu Jen Catholic University/TPE (20 a 10). E uma derrota Universidad de Chile/CHI (16 a 13).

“Foi uma primeira fase muito difícil para nós. Demoramos a encaixar um padrão de jogo e fomos punidos com uma perigosa derrota para os chilenos, porém procuramos ajustar para última partida e conseguimos uma vitória que nos deu a classificação”, analisou William Weihermann.

O São Paulo DC3x3, equipe filiada à Federação Paulista de Basketball (FPB), é apoiado pelo projeto Drible Certo no Mundo, aprovado junto a Lei de Incentivo ao Esporte da Secretaria de Esportes do Governo do Estado de São Paulo. Projeto patrocinado pela Havan e Decathlon Brasil. Apoios: Naturiza, NAR – Núcleo de Alto Rendimento, Uniformes Overtime, Meias Elite, Associação de Pessoal da Caixa Econômica Federal – APCEF e Predator Hookah. Realização: B16 Incentivo e Instituto Futuros Craques.

Juvecaserta, de Dimitri Sousa, tem jogo duro diante do Udine fora de casa

O Sporting Club Juvecaserta, ao lateral Dimitri Sousa, enfrenta o Apu Old Wild West Udine, neste domingo (03 de novembro), às 15h (de Brasília), no PalaCarnera, em Udine (ITA), pela sexta rodada do Campeonato Italiano da Série A-2 – 2019/2020. O time do brasileiro busca a recuperação, visto que foi superado pelo XL Extralight Montegranaro na rodada passada.

Para Sousa, o compromisso tende a ser difícil, mas o objetivo é fazer um bom jogo e tentar o resultado positivo, mesmo atuando fora de casa. “Enfrentaremos uma equipe muito forte, que é uma das favoritas para o acesso a Série A-1. Estamos vindo de duas derrotas, que deixaram um gosto amargo para todos, então vamos entrar com ainda mais vontade e pensando em voltar a vencer no campeonato”, comentou.

Na classificação geral, o Sporting Club Juvecaserta aparece no 12º lugar, com uma vitória e quatro derrotas. Já o Apu Old Wild West Udine, que perdeu para Feli Pharma Ferrara fora na rodada anterior (83 a 71), ocupa a quinta colocação, com três vitórias e duas derrotas.

XI de Agosto/AABT/Tatuí cumpre objetivo e garante acesso à elite do basquete paulista

Objetivo alcançado. O XI de Agosto/AABT/Tatuí derrotou o América/UNIRP/SMEL Rio Preto, na noite de sexta-feira (1º de novembro), por 90 a 83 (41 a 48 no primeiro tempo), em duelo realizado no ginásio de Esportes Simão José Sobral (Associação Atlética XI de Agosto), na cidade de Tatuí (SP), e ficou com o título invicto do Campeonato de Acesso – 2019. Com essa conquista, a equipe tatuiense garantiu vaga na elite do baquete paulista, ganhando o direito de disputar o Campeonato Paulista Masculino da Série A-1 – 2020.

O jogo foi extremamente disputado, com as duas equipes lutando pelo resultado positivo. Com esse panorama, o time da casa foi melhor e ficou na frente no quarto inicial, mas o representante de São José do Rio Preto cresceu no segundo e conseguiu a virada, assumindo o comando do marcador.

Na volta do intervalo, valeu a orientação dada pelo técnico Júlio Malfi, já que o XI de Agosto/AABT/Tatuí retornou melhor e não deu chances ao adversário, marcando forte. Primeiro, a equipe da casa igualou novamente as ações e, depois, conseguiu a virada, voltando a comandar o placar, desta vez para vencer e levar o seu torcedor ao delírio.

“Realmente, foi uma noite marcante, especialmente, para a cidade de Tatuí. Desde o início do projeto contamos com grandes pessoas envolvidas, que puxaram a população, que criou uma sinergia grande com a equipe, comparecendo aos os jogos e nos apoiando; isso me deixou extremamente satisfeito. A partida começou com um desenvolvimento alucinante, os jogadores estavam muito ansiosos e queriam o resultado rápido, mas no basquete isso não acontece dessa forma; o jogo tem um tempo determinado e o América acabou se ajustando e conseguiu colocar o seu melhor jogo em prática”, comentou Malfi.

“Quando fomos ao intervalo com sete pontos de desvantagem, o trabalho foi de resgatar aos jogadores tudo o que trabalhamos em termos de defesa; no retorno, com uma formação um pouco mais experiente em quadra, a equipe conseguiu jogar coletivamente na parte defensiva, tirando a vantagem do adversário e abrindo um pouco, tudo isso em apenas dois minutos; foi sensacional, pois conseguimos levar até o final e vencer. Isso demonstrou a maturidade do grupo, mesmo com pouco tempo de treinamento e sendo uma equipe nova, uma coisa ficou marcada no subconsciente dos nossos jogadores, pois eles se empenharam e conseguiram desenvolver o plano de jogo; isso para o técnico é a melhor coisa”, acrescentou Júlio.

“Toda essa oportunidade surgiu graças a iniciativa da prefeita, Dona Maria José Gonzaga, e sua equipe: vice-prefeito, Luiz Paulo Ribeiro da Silva; secretário municipal de esportes, Cassiano Sinisgalli; e o secretário de educação, Miguel Lopes Cardoso Junior, a quem não posso deixar de agradecer, incluindo a minha comissão técnica e as demais pessoas envolvidas no projeto. O município tem acreditado na força do esporte, que é uma eficiente ferramenta transformadora na formação de jovens, com a equipe adulta servido de espelho para a criançada de Tatuí; os desafios futuros serão ainda maiores”, complementou Malfi.

Os principais nomes da equipe tatuiense na partida foram: Elivelton Soares (28 pontos, 04 rebotes, 02 assistências e 04 bolas recuperadas), Felipe Taddei (16 pontos, 02 rebotes, 05 assistências e 04 bolas recuperadas), Nicolas Ferraz (14 pontos, 03 rebotes, 05 assistências e 04 bolas recuperadas) e William Drudi (14 pontos, 10 rebotes, 05 assistências, 01 bloqueio e 03 bolas recuperadas – double-double).

“Começamos muito bem o jogo, abrimos uma pequena vantagem, mas não conseguimos manter e eles tiraram no final do primeiro tempo, abrindo sete pontos. Mas, sabíamos que o forte teria que ser a nossa defesa e foi assim que conseguimos ter o controle do jogo no final, pois no segundo tempo passamos a marcar forte e a contra-atacar”, comentou Drudi.

“Partida bem equilibrada, como já esperávamos, uma vez que o América disputou o Paulista da Série A-1 e tem uma equipe bastante entrosada, mas conseguimos fazer um grande jogo, colocando em prática tudo o que o Júlio Malfi nos pediu nos treinamentos”, acrescentou Elivelton.

“Conseguimos impor o nosso ritmo, especialmente, no segundo tempo e conquistamos essa vitória superimportante para o XI de Agosto/AABT/Tatuí, garantido o acesso e concluindo com o êxito o nosso objetivo. Agradeço a torcida que nos apoiou bastante”, complementou Vezaro.

Os parceiros do XI de Agosto/AABT/Tatuí são estes: Prefeitura Municipal de Tatuí, Associação Atlética XI de Agosto, Associação de Amigos do Basquete de Tatuí (AABT), Sport Zone, Concreto e Metálico, Lucemi, Pleno – Grupo Moreno, Vioto, EcoLife e Refrigerantes Vieira Rossi.

São Paulo DC/Unip garante vaga nas quartas-de-final da Copa do Mundo Universitária

O São Paulo DC/Unip garantiu classificação as quartas-de-final do 2th FISU University World Cup 3×3 – 2019 (Copa do Mundo Universitária), que está sendo disputado na Huaqio University, em Xiamen, na China. Foram duas vitórias (University of Colorado-EUA e Fu Jen Catholic University-TPE) e uma derrota (Universidad de Chile-CHI) na primeira fase, que foi disputada na sexta-feira (1º de novembro) e no sábado (02 de novembro).

O atleta William Weihermann destacou o crescimento da equipe ao longo da disputa. “Foi uma primeira fase muito difícil para nós. Demoramos a encaixar um padrão de jogo e fomos punidos com uma perigosa derrota para os chilenos, porém procuramos ajustar para última partida e conseguimos uma vitória que nos deu a classificação”, analisou.

Nas quartas-de-final, que ocorre neste domingo (03 de novembro), às 1h45 (de Brasília), no mesmo local, o São Paulo DC/Unip vai enfrentar a University of Otago, da Nova Zelândia.

“O representante da Nova Zelândia é um time muito intenso; por isso, teremos que ser muito fortes no jogo tático e no controle da partida. Temos tudo para fazer história aqui na China e vamos forte em busca do título”, completou Weihermann.

O São Paulo DC/Unip conta com estes atletas: William Weihermann, Leonardo Branquinho, Gianluca Campaner e André Ferros.

O São Paulo DC3x3, equipe filiada à Federação Paulista de Basketball (FPB), é apoiado pelo projeto Drible Certo no Mundo, aprovado junto a Lei de Incentivo ao Esporte da Secretaria de Esportes do Governo do Estado de São Paulo. Projeto patrocinado pela Havan e Decathlon Brasil. Apoios: Naturiza, NAR – Núcleo de Alto Rendimento, Uniformes Overtime, Meias Elite, Associação de Pessoal da Caixa Econômica Federal – APCEF e Predator Hookah. Realização: B16 Incentivo e Instituto Futuros Craques.

Memorial/FUPES/Santos pode garantir o título do Paulista da 1ª Divisão neste sábado

O Memorial/FUPES/Santos enfrenta o Conti-Cola/Assis Basket, neste sábado (02 de novembro), às 19h (de Brasília), no ginásio Municipal Carlos Nigro, em Assis (SP), pela segunda rodada da série melhor-de-três do playoff – final do Campeonato Paulista Masculino da 1ª Divisão – 2019. Vencendo a disputa por um a zero, o time santista garante o título da divisão de acesso com um novo resultado positivo.

“Esperamos uma boa partida, sabemos que vai ser duro o jogo com torcida a favor deles, assim como foi em Santos. Mas, queremos belisca essa vitória no segundo jogo e para isso treinamos forte e estamos preparados”, comentou o ala Kauê Santos, do Memorial/FUPES/Santos.

O primeiro jogo foi favorável ao representante de Santos, que venceu atuando em seus domínios, por 83 a 69. Já o terceiro jogo desta série melhor-de-três do playoff – final, se necessário, ocorre no domingo (03 de novembro), às 17h (de Brasília), também no ginásio Municipal José Niro, em Assis (SP).

Em fase de estudos, Alberto Bial está aberto a conversar com equipes interessadas

Depois da boa performance comandando a Seleção Brasileira Masculina Militar na China, Alberto Bial retornou ao Brasil e já está de olho no futuro. O experiente treinador, que esteve próximo de acertar com uma equipe, está aberto a conversar com novos projetos, desde que bem estruturados e com objetivos definidos.

“Estive em tratativa com uma equipe, mas por motivos que não vem ao caso, acabou não dando certo, por isso, estou aberto a conversar com times novos ou que já estão na estrada, desde que sejam bem estruturados e pensem em trabalho de médio ou longo prazos”, comentou Bial.

“Se alguma cidade ou empresa tem a expectativa ou a vontade de entrar no esporte social, aliado ao alto rendimento, o basquete é uma grande opção, por isso, estou aberto a conversar também, já que tenho expertise nesse tipo de ação”, complementou Alberto.

Ao longo de sua carreira, Bial comandou equipes importantes, tais como: CR Flamengo (RJ), Fluminense (RJ), Botafogo (RJ), Liga Angrense (RJ), Vasco da Gama (RJ), Universo/Goiânia (GO), Joinville (SC) e Basquete Cearense (CE). Além disso, dirigiu a Seleção Brasileira de base, Seleção Brasileira Universitária, Seleção Brasileira Militar e teve uma passagem pelos Emirados Árabes.

Entre as suas principais conquistas estão, os títulos Carioca, Goiano e Catarinense, além da Liga Sul-americana (2008) e do título Mundial Militar (2011). Ao todo foram dez temporadas comandando equipes no Novo Basquete Brasil (NBB).

Gran Canaria, de Matheus Leoni, quer a vitória na volta ao seu ginásio pelo Estadual Junior

O CB Gran Canaria, do armador Matheus Leoni, enfrenta o Promociones Marabo Arrecife, neste sábado (02 de novembro), às 09h30 (de Brasília), no Pabellón Insular de La Vega de San José, em Las Palmas de Gran Canaria (ESP), pela quinta rodada da fase inicial do Campeonato Estadual Junior de Gran Canária – 2019. Liderando o Grupo A com 100% de aproveitamento (04 vitórias), a equipe do brasileiro quer manter o momento favorável.

“Depois de dois jogos foras, atuaremos em casa e espero que seja um jogo com muita intensidade, tanto na defesa, como no ataque para podermos manter a invencibilidade no campeonato”, comentou Matheus, que tem se adaptado muito bem ao seu novo clube e ao basquete espanhol.

Na última vez que esteve em quadra, o CB Gran Canaria passou pelo CB Las Palmas, mesmo atuando como visitante (135 a 58). Já o Promociones Marabo Arrecife, que aparece na quarta colocação na classificação geral (02 vitórias e 02 derrotas), bateu o CB Taconorte, jogando em seu ginásio (63 a 52).

Santo André mantém bom momento em casa e quebra invencibilidade do Ituano no Paulista Feminino

EC Santo André/APABA/Caoa Chery manteve o bom momento no Campeonato Paulista Feminino – 2019 ao quebrar a invencibilidade do líder Ituano FC, nesta quinta-feira (31 de outubro), atuando no ginásio Municipal Laís Elena, em Santo André (SP). O time comandado pela técnica Arilza Coraça venceu com autoridade, por 67 a 49 (32 a 32 no primeiro tempo).

No primeiro tempo, cada equipe mandou em um quarto, por isso, o equilíbrio foi, realmente, a tônica – 22 a 15 (primeiro quarto) e 10 a 17 (segundo quarto). Na volta do intervalo, valeu a orientação dada por Arilza Coraça no vestiário, visto que o segundo tempo foi dominado pela equipe andreense, que marcou muito forte e abriu uma boa vantagem nos dois períodos finais – 18 a 09 (terceiro quarto) e 17 a 08 (quarto final).

“Tivemos um momento inicial bom, mas no segundo quarto nem tanto, quando o Ituano passou a marcar zona e nós tivemos que fazer algumas substituições, mas, em seguida, a equipe encaixou. O interessante é que as mais novas estão fazendo tudo aquilo que é solicitado, a Marília foi muito bem defensivamente e nos rebotes, a Ariadna já pôde dar a sua contribuição, assim como a Alana”, comentou Arilza.

“A Letícia se soltou bastante e a Raphaella, que ainda não está na melhor forma, também ajudou, pois precisávamos de uma pivô que atuasse lá dentro, uma vez que a Bianca estava muito fora de posição quando eles marcaram zona. O bacana é que vamos trabalhando com todas as jogadoras e elas tem procurado fazer o seu melhor”, acrescentou a treinadora andreense.

“A Erika já se apresentou melhor nesta oportunidade, defendendo muito bem. A somatória desse panorama positivo que garantiu a nossa vitória com um placar mais elástico”, complementou Coraça.

Já a pivô Letícia Rodrigues enalteceu a união do time. “Tiramos a invencibilidade do ituano, por isso, estou muito feliz com essa vitória e com a nossa atuação solidária. Tenho melhorado a cada jogo e espero continuar crescendo”, comentou a pivô, umas das cestinhas da partida com 18 pontos, além de sete rebotes e uma bola recuperada.

Os outros destaques foram Alana Silva (14 pontos, 04 rebotes e 08 assistências) e Maíra Andrade (14 pontos e 05 rebotes), pelo time do Grande ABC; Palmira Marçal (18 pontos e 07 rebotes) e Gabriela de Paula (12 pontos e 06 rebotes), em favor da equipe do interior.

Com esta vitória, o Santo André/APABA/Caoa Chery assumiu a segunda colocação na classificação geral, contabilizando quatro vitórias e quatro derrotas. O próximo compromisso da equipe da técnica Arilza Coraça será contra o Pró-esporte/Sorocaba, no dia 21 de novembro (quinta-feira), às 19h30 (de Brasília), no ginásio Municipal Laís Elena, em Santo André (SP).

Visit fbetting.co.uk Betfair Review