André ‘Anjo do Esporte’ Brazolin entrega alimentos para população carente de cinco cidades

O ex-jogador André Brazolin mostrou o porquê é intitulado como o Anjo do Esporte. Há mais de uma semana, o gestor do Anjos do Esporte tem saído de casa, em horários distintos, para distribuir alimentos aos moradores de rua e de comunidades carentes, além das famílias das crianças e jovens que integram o projeto social, em São Paulo (SP), Santo André (SP), São Bernardo do Campo (SP), Taubaté e Araçariguama (SP).

De acordo com Brazolin, o objetivo é minimizar o sofrimento de algumas pessoas nesse período complicado, por conta da pandemia do coronavírus. “Este é um momento complicado e difícil, em que todos devem seguir as orientações dos órgãos de saúde, respeitando a quarentena e o isolamento social, pois é necessário conter o avanço do coronavírus. Com ajuda de empresários e amigos, eu consegui fazer uma arrecadação grande de alimentos e tenho saído as ruas para entregar a quem precisa”, comentou.

“Sei que isso me traz alguns riscos, mas estou tomando os cuidados necessários para evitar o contágio. O mais importante é levar os alimentos e deixar uma palavra amiga e de conforto para quem precisa; este é um momento que a solidariedade tem que entrar em ação e me sinto feliz em poder ajudar essas pessoas”, complementou André.

As entregas foram feitas na Comunidade Paraisópolis (São Paulo), num Asilo (Santo André), para Crianças Especiais (São Bernardo do Campo), Crianças do bairro Carentes da Água (Taubaté), Vale da Benção (Araçariguama) e moradores da rua Santo Amaro (São Paulo).

Para viabilizar tudo isso, Brazolin conta com apoio de muita gente, incluindo os professores Zezinho (São Bernardo do Campo) e Correa, que foi jogador do São Paulo FC, além de moradores da Comunidade de Paraisópolis. “Foi muito bom ver a cara de alegria e a receptividade de todos, que agradeceram bastante os alimentos e foram muito legais, conversando comigo sobre vários assuntos. O Esporte sempre me ensinou muitas coisas, especialmente a não ser egoísta e saber ser solidário”, explicou.

“Já entregamos cerca de duas toneladas de alimentos, entre marmitas e cestas básicas. Mas, queremos fazer muito mais, só que para isso precisamos do apoio de todos que puderem auxiliar”, acrescentou Brazolin.

“Muita gente já colaborou para que essa ação pudesse acontecer, como o EC Pinheiros, a equipe máster de basquete do SC Corinthians Paulista e o Clube Paineiras do Morumbi. Muitos empresários e amigos também colaboraram, como o Restaurante Caravana, de São Bernardo do Campo, que nos ajudou na elaboração das marmitas”, finalizou o Anjo Esporte.


Visit fbetting.co.uk Betfair Review