Escame faz uma análise positiva da temporada de 2019

O técnico Alexandre Escame faz um balanço positivo de 2019. A temporada foi bastante movimentada, com os tradicionais desafios das equipes de base do Cravinhos Basketball. E, como novidade, o time do interior paulista debutou em competições adultas, dando um upgrade e um incremento a mais no eficiente trabalho de formação.

O treinador, que tem um currículo com trabalhos sólidos e vencedor, está satisfeito com o que aconteceu nesta temporada. “Minha meta é sempre estar no meio do basquete, trabalhando com o que eu amo e sei o quanto é difícil se manter no basquete de competição, em nível alto, mas estou sempre lutando e tenho, graças a Deus, alcançado este objetivo. 2019 foi um ano de desafios gigantescos, já que demos sequência ao trabalho de base, iniciado há três anos, e mantivemos o bom momento, jogando três finais, ou seja, estivemos presentes em três Final Four com o Cravinhos Basketball”, relatou.

“Na categoria sub-17 fomos muito bem, conquistando vários resultados positivos, através de uma equipe que não era cotada e não figurava entre as favoritas, mas que nos últimos três anos participou de três finais estaduais. Isso foi extremamente positivo e me deixou muito feliz; além disso, alguns garotos formados no Cravinhos Basketball, hoje, estão buscando lugar em equipes adultas, como o Malaquias que está no Bauru Basket, jogando na equipe principal, o mesmo vem ocorrendo com o Matheus Weber. É muito bom manter contato com estes garotos e saber que eles estão conseguindo oportunidades”, complementou o treinador de 44 anos (18 de agosto de 1975), que é nascido em Ribeirão Preto (SP).

O desafio maior de Alexandre Escame em 2019, sem dúvida, foi disputar o Campeonato Brasileiro, uma novidade para o Cravinhos Basketball e para o município. “Saímos da base e entramos em uma competição adulta, que é um mercado novo, buscando informações sobre atletas e equipes, além de estudar os adversários. Foi um novo desafio pessoal, talvez, o maior deles e as coisas caminharam bem, mesmo tendo um investimento pequeno, com comparação com as demais equipes, contamos com o importante e gigantesco apoio da Prefeitura Municipal de Cravinhos e, com isso, conseguimos um resultado expressivo e fantástico, mesmo com um elenco de uma base jovem”, analisou Alexandre.

“Disputar a final do Campeonato Brasileiro e garantir o vice-campeonato coroou o trabalho que realizamos na temporada, por isso, fiquei muito feliz e recompensado. No segundo semestre, os nossos meninos acabaram migrando para equipes, a maioria foi jogar o Novo Basquete Brasil (NBB), e, por conta disso, montamos uma equipe para disputar a Primeira Divisão do Campeonato Paulista (Divisão de Acesso); a dificuldade que tivemos nessa competição foi não ter mantido a base do primeiro semestre, já que é muito difícil começar um trabalho novo com pouco tempo de preparação, mas também foi gratificante”, complementou Escame, que foi eleito o melhor técnico do Campeonato Brasileiro.

Para fechar a temporada com ‘chave de ouro’, o técnico do Cravinhos Basketball gostou bastante do desempenho do time na ‘Olímpiada Caipira’. “Finalizamos a temporada disputando os Jogos Abertos do Interior, quando conquistamos também um resultado expressivo, garantindo a medalha de prata na disputa da segunda divisão masculina. Por isso, posso afirmar que foi um ano extremamente produtivo, com grandes desafios, mas muito compensador e, ao mesmo tempo, temos um pouco de dificuldade em buscar colaboradores para que possamos crescer cada vez mais; o mais importante é a nossa base e para 2020 ela vai continuar firme e forte, auxiliando na formação de jovens jogadores”, concluiu Alexandre Escame.


Visit fbetting.co.uk Betfair Review