União Corfebol Clube luta pelo crescimento do Corfebol brasileiro

O União Corfebol Clube, de Santa Bárbara D’Oeste (SP), vem lutando bravamente para auxiliar no crescimento do Corfebol em todo o território nacional. O projeto trabalha diariamente para a disseminação da modalidade esportiva, através da integração de gêneros, unindo meninos e meninas em condições de igualdade dentro de um mesmo esporte.

O União Corfebol Clube foi criado em 2017, quando alguns atletas decidiram se juntar e formar a equipe, mantendo o objetivo de divulgar a modalidade no território nacional. “Então, foi formado o Projeto União Corfebol Clube e conseguimos logo no primeiro ano compor duas equipes (sub-17 e adulto) para participar da 2ª edição do Torneio Irmandade Sem Fronteiras, que foi realizado na cidade de Cassimiro de Abreu (RJ). E as duas equipes tiveram ótimos resultados nessa sua primeira participação em um torneio internacional”, comentou a jogadora Carol Passos.

Depois disso, novas conquistas aconteceram, a equipe que foi ganhando corpo e notoriedade, é a atual campeã Brasileira de Corfebol. “O clube conta com vários atletas de qualidade, que participaram dos selecionados nacionais em campeonatos anteriores; alguns já treinaram na Holanda por um período; e em 2018 tivemos oito atletas convocados para representar o Brasil no Campeonato Pan-americano, classificatório ao Mundial na África do Sul – 2019”, explicou Carol.

Mesmo com as dificuldades habituais de se fazer esporte no Brasil, o União Corfebol Clube segue lutando pelos seus objetivos e propósitos, contudo, sem o auxílio de apoiadores e patrocinadores, ficará cada vez mais difícil alçar voos maiores. “Temos vários objetivos, como aumentar a quantidade de atletas e locais de treinos, além de levar o Corfebol às escolas, que alavancaria a criação de equipes de base, que, justamente, auxiliaria na formação e no aumento no número de praticantes. Mas, temos dificuldade na aquisição dos materiais, pois temos que mandar fazer ou importar da Europa; como somos um Projeto Voluntário, isso tem dificultado bastante a expansão do Corfebol no país”, comentou Carol.

Apesar da modalidade não ser tão nova, registros históricos apontam sua criação para o ano 1902, na Holanda, através do professor de Educação Física, Nico Broekhuvesen, o Brasil só iniciou a prática na década de 80, mas a sua expansão só aconteceu muito tempo depois. O Corfebol é uma modalidade esportiva coletiva e mista (quatro homens e quatro mulheres), de contato físico controlado, praticado principalmente na Europa, que vem em franca expansão pelo mundo.


Visit fbetting.co.uk Betfair Review