Cristal Rocha faz balanço positivo deste ano e projeta coisas maiores para 2018

A jogadora e treinadora Cristal Rocha faz um balanço positivo de 2017, ano em que atingiu marcas e conquistas importantes, se mantendo entre os principais nomes do Basquete 3x3 brasileiro e sul-americano. E, vale ressaltar que a modalidade agora é olímpica, o que faz a experiente atleta pensar em alçar voos mais altos e já se planejar para buscar este e outros objetivos a partir de 2018.

“2017 foi muito importante, ano de crescimento profissional como atleta e treinadora. Conquistei os dois maiores circuitos do Brasil: Copa do Brasil e o Challenge Internacional FIBA. Ano que o Basquete 3x3 tornou-se modalidade olímpica; muita gente me pergunta se estarei na Olimpíada de 2020, no Japão, não vou negar é o sonho de todo atleta, eu e a equipe de profissionais que cuidam da minha preparação, já periodizamos os próximos anos, vamos ver como será, se não for como atleta, tenho a outra possibilidade de ir como coach (risos)”, relatou Cristal, que segue se preparando em todos os níveis.

“Passei na prova do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), da Academia de Treinadores do Basquete 3x3, e estudarei com este intuito. Ministrei clínicas e acampamentos com ênfase em desenvolvimento dos fundamentos, com conceito inovador em treinamentos americanos, com a oportunidade de estar com um técnico NBA (liga profissional norte-americana), Dave Hanners (New Orleans Pelicans); o campeão da NBA e da NCAA (liga universitária norte-americana), Hernando Planells (Duke College); Guerrinha (Mogi das Cruzes/Helbor); e o ex-jogador Danilo Castro; no Camp Internacional de Florianópolis (SC), enquanto que no Basketball Camp Internacional, em Belo Horizonte (MG), estive com o técnico Shelton Hankins. Ministrei clínicas ao lado dessas figuras consagradas nos Estados Unidos e no Brasil”, descreveu Rocha, que foi a atleta escolhida pela Liga de Basquete Feminino (LBF) para divulgar a bola que será usada temporada na temporada de 2018.

O bom desempenho deste ano servirá como combustível para a temporada vindoura. “Fechei este ano cheio de novidades, fui campeã do ‘NIKE Battle Force’; este ano faz um ano de parceria com a maior marca esportiva do mundo e conclui 2017 como a número um do ranking brasileiro. A Confederação Brasileira de Basketball (CBB) lançou o calendário 2018 na modalidade, pensando na Olimpíada do Japão. Irei organizar os treinamentos com foco nestas competições e tentar agregar valores para possíveis patrocinadores, pois já que a modalidade ainda não tem muito investimento e recursos, principalmente, para o feminino”, relatou.

Com essa brusca mudança de status, Cristal acredita que as empresas olharão com mais carinho para o Basquete 3x3. “Já que a modalidade tornou olímpica, eu espero que investidores nos apoiem enquanto atleta, já que venho plantando deste de 2011, ano que aconteceu a primeira competição com autorização e reconhecimento da FIBA 3x3”, relembrou.

A agenda como treinadora para 2018 também já está a todo vapor. “Tenho um acampamento no início de janeiro, o Buzzer Beater; Clínica de Basquete 3x3 no SESC Santo André; além de continuar dando treinamentos para os atletas que já estão trabalhando comigo e outros novos que advém de outros estados para treinar nas férias. O ano de 2018 já começou e estou muito feliz por tudo que Deus tem feito na minha vida, impactando vidas por meio do basquete e o talento que me foi concedido”, finalizou Cristal Rocha.


Visit fbetting.co.uk Betfair Review