Na vanguarda, São Paulo DC colhe os frutos do trabalho sério, organizado e profissional

odo esforço para se formar uma estrutura profissional e conduzir a equipe nos moldes internacionais tem surtido o efeito esperado pelo São Paulo DC, que passou por uma grande reformulação na temporada de 2019. Além de novos nomes na sua equipe adulta masculina, o manager Gustavo Bracco introduziu algumas inovações, como a criação da equipe universitária, em parceria com a Universidade Paulista (Unip), e a formação da equipe sub-23, sem falar na estrutura para os treinamentos.

Tudo isso deixou o São Paulo DC na vanguarda, se tornando uma referência na modalidade em termos de Brasil e América do Sul, já que além de jogar as principais competições do cenário nacional, a equipe da capital paulista tem saído com frequência para disputar campeonatos fora do país, visitando centros importantes do Basquete 3x3 internacional.

“Estamos conseguindo atingir um patamar bem significativo em relação as grandes potências da modalidade e preciso confessar que o segredo tem sido tentar reproduzir tudo que de bom os países bem-sucedidos no esporte fazem. Treinamentos específicos, individualizados, palestras motivacionais e simulação de situações de jogo, além de muita repetição”, comentou Bracco.

“Esse é o modelo sérvio e holandês, tem funcionado para eles, não tem porque não funcionar também conosco, principalmente, pelos grandes talentos que temos”, acrescentou o manager.

No final de semana passado, por exemplo, o São Paulo DC atingiu dois importantes objetivos. Primeiro, conquistou o título invicto do ‘3º FISU AMERICA 3x3 – 2019’, o Campeonato Pan-americano Universitário, que foi realizado em Maceió (AL), garantindo classificação para o Campeonato Mundial Universitário, que será realizado na China, em outubro.

“Os resultados do nosso trabalho são as recentes conquistas, que nos mostram que estamos no caminho certo. O universitário, além de um grande time, mostrou estar acima de grandes potências das Américas, incluindo México, Argentina e Chile. Vamos disputar o Mundial em outubro, já nos preparando mentalmente para vencer desafios e superar grandes obstáculos. Nossa expectativa é sempre positiva. Agora, ainda mais”, comentou Gustavo.

Concomitantemente, demonstrado a força do seu elenco, o São Paulo DC garantiu também o título do Campeonato Brasileiro de Basquete 3x3, disputada na Escola de Educação Física do Exército (EsEFEx), no Rio de Janeiro (RJ), com organização da Confederação Brasileira de Basketball (CBB). Na decisão, vitória sobre o tradicional Rio de Janeiro 3x3, por 21 a 13.

Com esta conquista, o São Paulo DC ganhou o direito de participar do World Tour de Montreal, no Canadá, que será realizado nos dias 07 e 08 de setembro.

“Conseguimos ser a única equipe do país a se classificar para duas etapas do World Tour no mesmo ano. Ficamos contentes com isso, mas cientes de que o desafio só começou. A cada etapa o nível sobe e sabemos que teremos excelentes adversários nessa competição canadense. Tenho certeza de que estaremos ainda mais preparados dessa vez”, relatou o manager do São Paulo DC.

“Já a competição universitária foi uma conquista inédita. Vamos nos preparar e fazer com que os bons resultados dessa equipe continuem aparecendo”, completou Bracco.

O São Paulo DC3x3, equipe filiada à Federação Paulista de Basketball (FPB), é apoiado pelo projeto Drible Certo no Mundo, aprovado junto a Lei de Incentivo ao Esporte da Secretaria de Esportes do Governo do Estado de São Paulo. Projeto patrocinado pela Havan e Decathlon Brasil. Apoios: Naturiza, NAR – Núcleo de Alto Rendimento, Uniformes Overtime, Meias Elite e Associação de Pessoal da Caixa Econômica Federal – APCEF. Realização: B16 Incentivo e Instituto Futuros Craques.