Natália Burian relata que trabalho árduo e união são itens fundamentais para crescimento do Poty/Bax/Catanduva

A armadora Natália Burian, que trabalhou arduamente para concretizar o retorno do basquete feminino catanduvense, tinha ciência que o início do Poty/Bax/Catanduva não seria fácil, como vem acontecendo, mas a experiente jogadora já tinha também em mente que só o trabalho árduo, aliado a união de toda a coletividade da cidade e região, colocará Catanduva novamente entre os grandes do basquete feminino paulista e nacional.

“Estamos no começo de um trabalho e na fase de entrosamento, mas acredito e confio na evolução deste grupo, acredito também que temos muito a crescer e que ainda precisamos acertar alguns detalhes. A técnica Fernanda Hartwig está cuidando disso nos treinamentos, uma vez que estamos trabalhando focadas no jogo contra a ADC Bradesco e estamos cientes das dificuldades que teremos pela frente”, comenta Burian.

O duelo contra a ADC Bradesco ocorre no dia 21 de maio (domingo), às 19h00 (de Brasília), no ginásio do Centro de Desenvolvimento Esportivo da ADC Bradesco, na cidade de Osasco (SP), no complemento do turno da fase inicial do Campeonato Paulista Feminino da 1ª Divisão – 2017. “A equipe de Osasco possui um time de jovens talentos e conta com um trabalho consistente, que vem sendo executado há várias temporadas. Acredito que será um bom jogo e vamos fazer de tudo para realizar uma ótima partida e, quem sabe, sair com a vitória, já que as quatro equipes que disputam este campeonato estão no mesmo nível”, analisa Natália.

Já na abertura do returno desta fase inicial, o Poty/Bax/Catanduva também atuará fora de seus domínios, enfrentando o Time Jundiaí no dia 02 de junho (sexta-feira), às 18h30 (de Brasília), no ginásio Municipal de Esportes Nicolino de Lucca (Bolão), na cidade de Jundiaí (SP).

Os dois compromissos finais da primeira fase, no entanto, serão realizados no ginásio Municipal Anuar Pachá, em Catanduva (SP): 06 de junho (terça-feira), ás 19h00 (de Brasília), contra o Santos FC/FUPES; 12 de junho (segunda-feira), às 20h00 (de Brasília), diante da ADC Bradesco.

“O apoio dos torcedores de Catanduva e região nos ajuda bastante quando atuamos em casa. Ter o ‘sexto jogador’ ao nosso lado, passando aquela energia positiva é muito importante para a equipe, que está no começo do trabalho”, finaliza Natália Burian.

 


Visit fbetting.co.uk Betfair Review