Xande Pinheiro destaca crescimento do elenco do NBPG com a sequência de treinamentos

O armador Xande Pinheiro tem notado um crescimento constante do grupo de jogadores do NBPG/CCR RodoNorte/UniSecal/LDPG, que segue trabalhando forte na pré-temporada, visando à disputa do Campeonato Brasileiro – 2019. O time pontagrossense está treinando há 15 dias.

“O elenco está ganhando forma em todos os sentidos. Estamos trabalhando fisicamente e tecnicamente e, aos poucos, o Milos Alexander (técnico) vai implementando sua filosofia de jogo. Me sinto melhor a cada dia e em casa no NBPG. Além disso, tento ajudar na adaptação dos novos jogadores que foram contratados, apresentando-lhes a cidade”, comentou Pinheiro.

“Acho importante esse período de preparação para ganharmos entrosamento dentro de quadra. Por isso, é sempre bom mantermos a boa convivência fora dela também, pois esse é o segredo de um time de sucesso”, complementou Xande.

A competição nacional está agendada para começar em março e o time pontagrossense fará seu primeiro jogo contra o Brusque/FME/Aradefe/Trimania-SC, no dia 20 (sexta-feira), às 20h (de Brasília), no ginásio de Esportes Borell Du Vernay, em Ponta Grossa (PR). Os dois próximos adversários também estão definidos: Blumenau Basquete, em casa, no dia 22 de março (domingo), às 11h (de Brasília), e Basquete Anapolino, em 03 de abril (sexta-feira), em Anápolis (GO), às 20h (de Brasília).

Na primeira fase do Campeonato Brasileiro – 2020, o NBPG/CCR RodoNorte/UniSecal/LDPG integra a Conferência Verde, que conta ainda com Basquete Blumenau-SC, Brusque/FME/Aradefe/Trimania-SC, São José dos Pinhais/Guaxo-PR, Cerrado Basquete-DF, Basquete Anapolino-GO e Basket Osasco-SP. Já a Conferencia Amarela tem estas agremiações: Basquete Joinville-SC, Blackstar Joinville-SC, Viptech Campo Mourão Basquete-PR, ADRM/Maringá-PR, Praia Clube/Colégio Gabarito-MG, Esporte Clube Pinheiros-SP e LSB/Flex/PMS-SP.

De acordo com o regulamento, na fase inicial, as equipes jogam entre si, em turno e returno, dentro de suas respectivas conferências e os dois primeiros colocados se qualificam diretamente para as quartas-de-final. Nas oitavas-de-final acontecem estes duelos: 3º x 6º e 4º x 5º de cada conferência, em jogo único, com o mando da equipe de melhor campanha, definindo os outros quatro classificados. Em seguida, será realizada a série melhor-de-três do playoff – quartas-de-final e, posteriormente, o Final Four, apurando o grande campeão.


NBPG estreia em casa no Campeonato Brasileiro

O NBPG/CCR RodoNorte/UniSecal/LDPG já sabe quando iniciará a luta pelo bicampeonato Brasileiro Adulto Masculino. A competição de 2020 está agendada para começar em março e o time pontagrossense fará seu primeiro jogo, contra o Brusque/FME/Aradefe/Trimania-SC, no dia 20 (sexta-feira), às 20h (de Brasília), no ginásio de Esportes Borell Du Vernay, em Ponta Grossa (PR).

Para Xande Pinheiro, a estreia é sempre um jogo perigoso, pois tem algumas características diferentes. “Jogaremos contra uma equipe tradicional do basquete catarinense e todo mundo sabe do nervosismo de estreia. Então, temos que usar a experiência para começarmos o campeonato com o ‘pé-direito’, ou seja, vencendo ao lado nosso torcedor”, comentou o armador do representante de Ponta Grossa.

Já os dois próximos adversários também estão definidos, visto que o departamento técnico da Confederação Brasileira de Basketball (CBB) divulgou as três rodadas iniciais: Blumenau Basquete, em casa, no dia 22 de março (domingo), às 11h (de Brasília), e Basquete Anapolino, em 03 de abril (sexta-feira), fora de casa, às 20h (de Brasília).

“Cada jogo será importante para as nossas pretensões e na sequência já pegamos o Blumenau e o Basquete Anapolino, por isso, estamos nos preparando com concentração máxima nesses primeiros compromissos do Brasileiro. Os nossos dois primeiros jogos serão em casa e queremos presentear os torcedores com vitórias, pois tenho certeza que eles nos empurrarão na defesa desse título para Ponta Grossa”, analisou Xande.

Na primeira fase, o NBPG/CCR RodoNorte/UniSecal/LDPG integra a Conferência Verde, que conta ainda com Basquete Blumenau-SC, Brusque/FME/Aradefe/Trimania-SC, São José dos Pinhais/Guaxo-PR, Cerrado Basquete-DF, Basquete Anapolino-GO e Basket Osasco-SP.

De acordo com o regulamento, na fase inicial, as equipes jogam entre si, em turno e returno, dentro de suas respectivas conferências e os dois primeiros colocados se qualificam diretamente para as quartas-de-final.

Nas oitavas-de-final acontecem estes duelos: 3º x 6º e 4º x 5º de cada conferência, em jogo único, com o mando da equipe de melhor campanha, definindo os outros quatro classificados. Em seguida, será realizada a série melhor-de-três do playoff – quartas-de-final e, posteriormente, o Final Four, apurando o grande campeão.

A Conferencia Amarela conta com estas agremiações: Basquete Joinville-SC, Blackstar Joinville-SC, Viptech Campo Mourão Basquete-PR, ADRM/Maringá-PR, Praia Clube/Colégio Gabarito-MG, Esporte Clube Pinheiros-SP e LSB/Flex/PMS-SP.

Xande Pinheiro analisa participação do NBPG/Ponta Grossa no Paranaense

O armador Xande Pinheiro fez uma análise ponderada da participação do NBPG/Ponta Grossa na Série Ouro do Campeonato Paranaense Adulto Masculino – 2019. A competição foi encerrada no domingo (03 de novembro), em Pato Branco (PR), com a equipe pontagrossense terminando na segunda colocação, atrás apenas da equipe anfitriã do Final Four, que foi campeã estadual pela primeira vez.

“Tivemos altos e baixos durante a competição, inclusive nessa etapa final, oscilando entre bons e ruins momentos. Mas, parabéns ao Pato pelo título, é um time montado para disputar o Novo Basquete Brasil (NBB) e com a responsabilidade de ganhar esse Paranaense”, comentou Xande.

“Agora é pensar no ano que vem; vou procurar melhorar para ajudar mais, pois sei que posso. O nosso primeiro desafio em 2020 deve ser o Campeonato Brasileiro, organizado pela Confederação Brasileira, uma competição forte, que tende a ser muito difícil”, complementou o armador.

Na fase inicial do Campeonato Paranaense, o NBPG/Ponta Grossa se qualificou na terceira colocação. No Final Four, passou pelo Londrina/Unicesumar/FEL (95 a 69), na semifinal; mas, na final foi superado pelo anfitrião Pato Basquete (63 a 47).

Xande Pinheiro vai completar uma marca importante no Campeonato Brasileiro – 2020

Quando a bola subir, em março, marcando o início do Campeonato Brasileiro Masculino – 2020, organizado pela Confederação Brasileira de Basketball (CBB), Xande Pinheiro, que vestirá a camisa do atual campeão, o NBPG/CCR RodoNorte/UniSecal/LDPG, atingirá uma marca importante. O armador terá, em seu vitorioso currículo, participação em todas as competições nacionais existentes no decorrer da sua carreira, que está completando 15 anos.

“O NBPG/CCR RodoNorte/UniSecal/LDPG é o atual campeão e vem para manter o título. Uma equipe mesclada de jogadores experientes e jovens que tem tudo para dar certo. Outro ponto forte nosso é o Wilsinho, que está no auge e joga pelo time”, relatou Xande.

“Gostaria de agradecer a confiança da comissão técnica e diretoria em acreditar que posso contribuir com grupo na busca do objetivo maior. Já estou adaptado a cidade e motivado para começar a trabalhar”, complementou Pinheiro.

A atual gestão da Confederação Brasileira de Basketball (CBB) promoveu o retorno do Campeonato Brasileiro em 2019, depois de um grande hiato. Esta competição substitui a Liga Ouro a partir deste ano, funcionando com a divisão de acesso para o Novo Basquete Brasil (NBB), que representa a elite nacional.

A estreia do NBPG/CCR RodoNorte/UniSecal/LDPG no Campeonato Brasileiro – 2020 acontece no dia 20 de março (sexta-feira), às 20h (de Brasília), contra o Brusque Basquete, no ginásio de Esportes Borell Du Vernay, em Ponta Grossa (SP).

E Xande debutou no antigo Campeonato Brasileiro, também organizado pela Confederação Brasileira de Basketball (CBB), que foi disputado até 2008, defendendo o Uberlândia/Unitri, na temporada de 2005. A equipe do Triângulo Mineiro foi vice-campeã.

“Guardo na minha memória muitas lembranças deste meu início no Uberlândia, desde o primeiro jogo, quando estreei, até o final. Ficamos com o vice-campeonato, perdendo a série decisiva para o forte time do Telemar-RJ (3 a 1)”, relatou Xande, que também atuou no Uberlândia em 2007.

Em 2006, Pinheiro jogou a Nossa Liga de Basquete (NLB), que ganhou o status de competição nacional por uma única temporada, defendendo duas equipes paulistas: Associação Brasileira ‘A Hebraica’ de São Paulo e Tahitian Noni/Jundiaí – o regulamento permitia a mudança time, mesmo com o campeonato em andamento.

“Defendi estas duas equipes de São Paulo por pouco tempo e sai antes do término da competição. Mas, foi uma boa experiência, pois gostei muito do formato do campeonato e do regulamento”, lembrou o armador.

No Novo Basquete Brasil (NBB), que é a competição de elite do basquete nacional desde 2008, Xande atuou pelo Vila Velha/Cetaf-ES (2008/2009, 2009/2010 e 20122013), São José Basketball-SP (2010/2011), Mogi das Cruzes Basquete-SP (2014/2015), Liga Sorocabana de Basquete-SP (2015/2016) e o Minas Tênis Clube-MG (2016/2017).

“Minhas primeiras temporadas foram jogando pelo Vila Velha, contudo, a melhor participação coletiva foi com a camisa do Mogi das Cruzes Basquete, quando chegamos a semifinal. Mas, guardo com muito carinho as demais temporadas que atuei por outras equipes”, relatou o armador.

Na Liga Ouro, que funcionou como a divisão de acesso ao NBB até a temporada passada, Xande jogou em três diferentes equipes: Campo Mourão Basquete (2014), São José Basketball (2018) e Pato Basquete (2019).

“Foi muito bom ajudar na estruturação e crescimento destas equipes, jogando a divisão de acesso e buscando sempre crescimento. O Pato Basquete, equipe que tive uma grande identificação, especialmente com a torcida, deu passo grande e hoje disputa a divisão de elite”, explicou.

“Situações parecidas aconteceram também com o Campo Mourão e com o São José. O time paranaense chegou ao NBB, mas não conseguiu ficar e hoje está se reestruturando para tentar voltar, enquanto o São José estava retornado, querendo voltar à elite, fato este que aconteceu”, finalizou Xande Pinheiro.

Xande Pinheiro reforça o NBPG na Série Ouro do Campeonato Paranaense

O armador Xande Pinheiro acertou sua transferência para o NBPG/CCR Rodonorte e vai disputar a Série Ouro do Campeonato Paranaense Adulto Masculino – 2019 vestindo a camisa do atual campeão estadual. O jogador, que defendeu o Pato Basquete na última temporada, foi cedido temporariamente ao rival.

“Estou muito feliz por vestir a camisa desta importante equipe, que sempre realiza grandes trabalhos e tem crescido constantemente, por isso, quero ajudar ao máximo o NBPG/CCR Rodonorte neste estadual. Tenho vínculo com o Pato Basquete, que me emprestou ao time de Ponta Grossa para esta edição da Série Ouro do Campeonato Paranaense”, comentou Xande.

O Campeonato Paranaense Adulto Masculino – 2019 conta com seis equipes: Pato Basquete (Pato Branco), ADRM (Maringá), Londrina/Unicesumar/FEL (Londrina), São José dos Pinhais/Guaxo e Campo Mourão Basquete, além do já citado NBPG/CCR Rodonorte. De acordo com o regulamento, na fase inicial Série Ouro do Campeonato Paranaense Adulto Masculino – 2019 as equipes jogam entre si, em turno e returno, e os quatro melhores colocados disputam a semifinal; posteriormente, ocorre a grande final.


Visit fbetting.co.uk Betfair Review